Abraão: Como Deus Proverá

Abraão viveu 4000 anos atrás, viajando para o que hoje chamamos de Israel. Deus lhe prometeu um filho que se tornaria uma ‘grande nação’, mas ele precisou esperar até que estivesse idoso para ver seu filho nascer. Judeus e árabes descendem de Abraão, então sabemos que a promessa se cumpriu e que ele é uma pessoa importante na historia como o pai de grandes nações.

Abraão agora estava muito feliz de ver seu filho crescer em se tornar um homem. Mas então Deus testou Abraão de uma maneira incrível. Deus disse:

Então disse Deus: “Tome seu filho, seu único filho, Isaque, a quem você ama, e vá para a região de Moriá. Sacrifique-o ali como holocausto num dos montes que lhe indicarei”. (Gênesis 22:2)

Isto é difícil de entender!  Por que Deus pediria a Abraão para fazer isso? Mas Abraão, que havia aprendido a confiar em Deus – mesmo quando ele não entendia

Na manhã seguinte, Abraão levantou-se… Levou consigo dois de seus servos e Isaque, seu filho. Depois de cortar lenha para o holocausto, partiu em direção ao lugar que Deus lhe havia indicado. (Gênesis 22:3)

Após três dias de viagem eles chegaram até a montanha. Então

Quando chegaram ao lugar que Deus lhe havia indicado, Abraão construiu um altar e sobre ele arrumou a lenha. Amarrou seu filho Isaque e o colocou sobre o altar, em cima da lenha.  Então estendeu a mão e pegou a faca para sacrificar seu filho.  (Gênesis 22: 9-10)

Abraão estava pronto para obedecer a Deus.  Naquele exato momento algo extraordinário aconteceu

Mas o Anjo do Senhor o chamou do céu: “Abraão! Abraão!”

“Eis-me aqui”, respondeu ele.

“Não toque no rapaz”, disse o Anjo. “Não lhe faça nada. Agora sei que você teme a Deus, porque não me negou seu filho, o seu único filho.”

13 Abraão ergueu os olhos e viu um carneiro preso pelos chifres num arbusto. Foi lá pegá-lo, e o sacrificou como holocausto em lugar de seu filho. (Gênesis 22:11-13)

No último momento Isaque foi salvo da morte e Abraão viu um carneiro e o sacrificou no lugar do filho. Deus havia provido um carneiro e o carneiro assumiu o lugar de Isaque.

Aqui eu gostaria de fazer uma pergunta. Neste momento da história o carneiro está vivo ou morto?

Por que faço a pergunta? Porque Abraão irá agora dar um nome àquele lugar, mas a maioria das pessoas perde sua importância. A história continua…

Abraão deu àquele lugar o nome de “O Senhor proverá“. Por isso até hoje se diz: “No monte do Senhor se proverá”. (Gênesis 22:14)

Outra pergunta: O nome que Abraão deu ao local (“O Senhor proverá”) está no tempo passado, presente ou futuro?

Olhando para o futuro, não para o passado

O tempo verbal claramente é futuro. Muitas pessoas pensam que Abraão, ao dar nome àquele lugar, estava pensando no carneiro preso nos arbustos e que fora providenciado por Deus e então sacrificado em lugar se seu filho Isaque. Mas quando Abraão deu o nome o carneiro já estava morto e sacrificado. Se Abraão estivesse pensando naquele carneiro – já morto e sacrificado – ele teria chamado o local de ‘O Senhor proveu’ – no tempo verbal passado. E o momento final o texto diria: “Por isso até hoje se diz: ‘No monte do Senhor se proveu’”. Mas o nome olha para o futuro, não para o passado. Abraão não esta pensando no carneiro morto. Ele está dando o nome pensando em outra coisa – no futuro. Mas o que?

Onde fica aquele lugar?

Lembre-se de onde este sacrifício aconteceu, contado no inicio da história:

(“Pegue Isaque… Leve-o até a terra de Moriá”)

Isto aconteceu no ‘Moriá’. Onde fica isto? Era um deserto na época de Abraão (2000 AC), com apenas alguns arbustos, um carneiro e Abraão e Isaque naquela montanha. Mas mil anos depois (1000 AC) o Rei Davi construiu a cidade de Jerusalém ali, e seu filho Salomão construiu o Primeiro Templo Judaico ali. Nós lemos posteriormente no Antigo Testamento que:

Então Salomão começou a construir o templo do Senhor em Jerusalém, no monte Moriá… (2 Crônicas 3:1)

O monte Moriá se tornou Jerusalém, a cidade judaica com o Templo judaico. Hoje é um lugar sagrado para o povo judaico, e Jerusalém é a capital de Israel.

O Sacrifício de Abraão e Jesus

Vamos pensar um pouco acerca dos títulos de Jesus. O titulo mais bem conhecido de Jesus é ‘Cristo’. Mas ele teve outros títulos, tais como

No dia seguinte João viu Jesus aproximando-se e disse: “Vejam! É o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! (João 1:29)

Jesus também foi chamado ‘O Cordeiro de Deus’. Pense acerca do final da vida de Jesus. Quando ele foi preso e crucificado? Foi em Jerusalém (que eh o mesmo lugar que o ‘monte Moriá‘). Ficou bem claramente estabelecido que:

Quando ficou sabendo que ele era da jurisdição de Herodes, enviou-o a Herodes, que também estava em Jerusalém naqueles dias. (Lucas 23:7)

A prisão, julgamento e morte de Jesus foram em Jerusalém (= monte Moriá). A sequência dos acontecimentos mostra que eles aconteceram no monte Moriá.

Principais acontecimentos no monte Moriá
Principais acontecimentos no monte Moriá

Voltemos a Abraão. Por que ele deu o nome àquele lugar no tempo verbal futuro ‘O SENHOR proverá’? Isaque fora salvo no último momento quando um cordeiro foi sacrificado em seu lugar. Dois mil anos mais tarde, Jesus é chamado ‘Cordeiro de Deus’ e ele é sacrificado no mesmo local – para que eu e você também possamos viver.

Um Plano Divino

É como se uma Mente associasse estes acontecimentos que estão separados por 200 anos de história. O que torna a relação singular é que o primeiro acontecimento aponta para o último acontecimento pelo nome no tempo verbal futuro. Mas como Abraão poderia saber o que aconteceria no futuro? Nenhum ser humano sabe o futuro, em especial um futuro tão distante. Somente Deus pode conhecer o futuro. Prever o futuro e fazer com que estes acontecimentos sejam realizados no mesmo lugar é evidencia de que este não é um plano humano, mas um plano de Deus. Ele quer que pensemos acerca disso da maneira abaixo

O sacrifício de Abraão no monte Moriá é um sinal que aponta para o sacrifício de Jesus
O sacrifício de Abraão no monte Moriá é um sinal que aponta para o sacrifício de Jesus

Boas Novas para todas as nações

Esta história tem uma promessa para você. No final desta história Deus promete a Abraão que:

“e, por meio dela, todos povos da terra serão abençoados, porque você me obedeceu”. (Gênesis 22:18)

Se você pertence a uma das ‘nações da terra’, então esta é uma promessa para você, uma promessa de ‘benção’ de Deus.

Então, o que é esta ‘benção’?  Como você alcança esta promessa? Pense na história. Assim como o carneiro salvou Isaque da morte, da mesma maneira Jesus, o Cordeiro de Deus, por seu sacrifício no mesmo lugar, nos salva do poder da morte. Se isto for verdadeiro, certamente isto é boas notícias.

O sacrifício de Abraão no Monte Moriá é um acontecimento importante na história primitiva. Ele é lembrado e comemorado hoje por milhões de pessoas ao redor do mundo. Mas esta também é uma história para você vivendo 4000 anos mais tarde.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *